Virtualização: O que é e muito mais

Olá!

De certeza que já devem ter ouvido falar de máquinas virtuais. Estas estão relacionadas com virtualização computacional, mas o que é isso e quais são as suas vantagens?

É isso que vão poder descobrir com este artigo!

O que é a Virtualização?

A virtualização consiste em partilhar e utilizar os recursos de um único computador com vários sistemas, permitindo ter vários sistemas operativos num único computador físico.

O sistema operativo lá instalado funciona de forma independente do sistema base, não existindo qualquer tipo de interação entre os dois. Além disso, cada máquina virtual funciona com o seu próprio hardware virtual (CPU, RAM…).

Como podem ver no esquema acima, o sistema operativo faz a ligação entre o hardware físico e o software de virtualização, mas pensem comigo: o próprio sistema operativo está a consumir recursos que podiam ser usados pelas máquinas. Além disso, este não foi otimizado para correr máquinas virtuais. E se pudéssemos ter uma espécie de sistema operativo, mas que fosse dedicado a virtual machines (VMs)?

Empresas como a VMware possuem esses produtos. Os chamados virtualization layers
abstraem o hardware físico e eliminam a necessidade de usar software de virtualização e sistema operativo já que eles próprios fazem trabalho de ambos.

Quais são as vantagens?

As vantagens da virtualização são várias!

  • Particionamento – Uma vez que vários sistemas com diferentes funções podem ser executados num único sistema físico;
  • Segurança – Se uma máquina virtual ficar infetada com um vírus este não se irá espalhar para as outras máquinas virtuais nem para o host (computador físico que as suporta);
  • Escalabilidade – Já que uma máquina virtual é apenas um ficheiro num disco rígido, este pode ser copiado e usado para replicar a máquina as vezes necessárias;
  • Custo energético – Embora a máquina host esteja a consumir mais energia, o seu custo nunca irá chegar ao custo das n máquinas que nela estão a ser executadas;
  • Facilidade de backup – Uma máquina inteira é um ficheiro. Copiado esse ficheiro todos os dados estão seguros.

Em que situações são usadas?

Assim como as vantagens, os casos de utilização são também vários:

  • Experiências – Testar um programa de modo a garantir que o mesmo é inofensivo ou testar a ação de um vírus;
  • Trabalho em empresas – Imaginem que estão no vosso computador da empresa e que precisam de terminar o trabalho em casa. Se todo o sistema estiver virtualizado é só copiar o ficheiro da máquina e usá-lo em casa.

Espero que tenham ficado esclarecidos sobre a virtualização.

Se tiverem ficado com alguma dúvida, coloquem-na na secção de comentários abaixo.

Fiquem bem! 😉

Anúncios

One thought on “Virtualização: O que é e muito mais

Add yours

Deixe um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Create a website or blog at WordPress.com

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: