Tutorial – Como mudar a pasta térmica do processador num computador fixo

Olá

O processador do computador é o componente mais importante de todo o computador, porque é ele que efetua todas as ações da máquina.

É por isso que este, pode atingir temperaturas elevadas, que são combatidas usando um dissipador e um cooler no caso de um computador arrefecido a ar.

Entre o processador e o dissipador é aplicada a pasta térmica, uma substância que tem como função corrigir as imperfeições que existem na superfície dos dois componentes.

Hoje vou ensinar como a podem mudar sem precisar de recorrer a nenhuma loja pois, muitas vezes, como vão poder ver no meu caso que optei por, há vários anos atrás, levar a uma loja “especializada”, esta manutenção muito básica é muito mal efetuada.

Portanto nada melhor do que sermos nós mesmos a efetuar esta tarefa!

Tutorial – Como mudar a pasta térmica do processador num computador fixo

Material necessário:

  • Cotonetes;
  • Rodelas de algodão;
  • Álcool isopropílico ou álcool etílico, embora o primeiro seja mais adequado devido a conter menos água. Caso usem o álcool etílico tentem usar o menos possível;
  • Pasta térmica Arctic MX-4, pois é a que oferece melhor relação qualidade-preço e não é condutora (o que faz com que no caso de um uso excessivo não existe risco de queimar algum componente;
  • Chave estrela, mas depende dos parafusos do vosso computador;
  • Pano microfibras para limpar o cooler e as frestas do dissipador (opcional);
  • Ar comprimido (opcional)

1. Antes de efetuarem o primeiro passo, devem descarregar a energia electroestática do vosso corpo tocando com a mão na fonte do computador. De seguida, devem desligar o computador da tomada e clicar no botão para o ligar, com vista a eliminar toda a energia presente no computador. Agora vamos abrir o computador.

2. Uma vez aberto, temos acesso ao cooler (ventoinha) e ao dissipador (encontra-se em baixo da ventoinha) que, neste computador, são peças separadas.

3. Para desmontar o cooler vamos primeiro desligar a sua ligação à placa-mãe e, de seguida, desapertar os dois parafusos que o mantêm no lugar.

4. Com todos os parafusos removidos, vamos retirar o cooler.

5. Agora podemos ver totalmente o dissipador.

6. Para o removermos, vamos puxar a alavanca que se encontra no topo.

7. Com a alavanca na nova posição, vamos remover os dois encaixes, um na parte superior do dissipador e outro na parte inferior.

8. Por fim, removemos a alavanca que deve sair sem muito esforço. Caso ela ofereça resistência, verifiquem se algo a está a prender.

9. Finalmente, vamos remover o dissipador e vamos poder olhar para o processador.

10. Vamos remover a pasta térmica presente no dissipador. Para isso vamos umedecer um cotonete com álcool e em seguida passar pela pasta que está no dissipador, para facilitar a sua remoção.

11. Agora vamos limpar tudo com o algodão. Limpem também o cooler caso seja necessário. Podem fazê-lo com ar comprimido e com um pano.

12. Limpem também as partes laterias do dissipador e as suas frestas co um pano microfibras (opcional).

13. Agora vamos limpar o processador! No computador, levantem a alavanca ao lado do processador de modo a poder soltá-lo.

14. Com cuidado, retirem o processador. Peguem sempre nele pelas bordas e evitem tocar com os dedos na parte debaixo.

15. Usem novamente a técnica utilizada anteriormente: umedeçam um cotonete com álcool e passem sobre a superfície do processador. Depois, passem com algodão e tenham atenção para não prender qualquer fio de algodão nos pinos do processador, caso o vosso processador os tenha.

16. Inspecionem visualmente o processador para verificar se está tudo bem e voltem a coloca-lo na placa-mãe. Tenham em atenção o pequeno triângulo que existe no processador e no socket (local onde o processador encaixa), pois estes devem coincidir. Não devem usar muita força para encaixar o processador. Caso este não encaixe facilmente verifiquem se o estão a encaixar bem! Em seguida, puxem a alavanca para baixo.

17. Finalmente vamos aplicar a pasta térmica! Apliquem uma pequena quantidade de pasta térmica no centro do processador, semelhante à foto abaixo. Devem adaptar a quantidade ao tamanho da superfície do vosso processador!

18. Uma vez aplicada a pasta, vamos aplicar o dissipador. Tenham em atenção que caso tenham que retirar o dissipador devido a este ter ficado mal encaixado têm que aplicar a pasta térmica novamente e limpar previamente a primeira de ambos os locais!

19. E agora vamos montar o cooler. Apertem os parafusos em X, para distribuir a pressão uniformemente.

20. Liguem, por fim, a ligação do cooler à placa-mãe.

21. Com tudo devidamente ligado, vamos fechar o computador.

E já está concluído! Agora o vosso processador tem uma nova pasta térmica! 😉

Anúncios

2 thoughts on “Tutorial – Como mudar a pasta térmica do processador num computador fixo

Add yours

Deixe um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Create a website or blog at WordPress.com

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: