Tutorial – Como instalar o Linux Debian

Olá!

Este é o primeiro artigo sobre Linux no blogue e, como tal, vou começar pelo princípio: como instalar uma distribuição do Linux: Debian.

Tutorial – Como instalar o Linux Debia

1. O primeiro passo é fazer o download do Debian.

O Debian está disponível com seis GUI: Cinnamon, Gnome, KDE, LXDE, MATE e XFCE. Cada uma delas tem as suas vantagens e desvantagens, por isso, pesquisem um pouco antes de escolherem.

No meu caso, vou usar LXDE, visto que é leve e perfeita para o uso que vou dar ao sistema.

Links para o Linux Debian 9.3.0 de 32 bits:

Links para o Linux Debian 9.3.0 de 64 bits:

2. Agora, vamos precisar de criar um dispositivo para poder instalar o Debian. Para este artigo, vou criar uma pen USB, mas existem outros métodos.

Para a criação da pen bootable, vamos precisar do Rufus (download).

Com o Rufus aberto, em:

  • Dispositivo/Disco – vamos indicar a pen que vamos usar;
  • Tipo de partição e tipo de sistema destino – vamos escolher o tipo de partição. Caso não tenham a certeza, escolham opção que permite ser usada quer em BIOS quer em UEFI: Partição MBR para BIOS ou UEFI.
  • Sistema de ficheiros – vamos escolher FAT32

3. Em Criar disco de arranque com vamos selecionar Imagem ISO.

Depois, vamos selecionar a imagem do Debian:

4. Agora, vamos clicar em Iniciar.

Na janela que se abrirá cliquem em Sim. Depois cliquem em OK.

O Rufus irá informar que todos os dados na pen serão eliminados! Depois de se certificarem que os dados importantes que estavam na pen estão num local seguro, cliquem em OK.

O Rufus irá preparar a pen com o Debian. Este processo pode demorar algum tempo.

No meu caso, demorou aproximadamente 10 minutos.

5. No final, cliquem em Fechar e removam a pen com segurança.

6. Agora, basta inserir a pen no PC onde será instalado o Debian e dar boot por ela. Normalmente, é a tecla F12 ou DEL que permite aceder ao menu de boot.

7. Depois, vamos escolher Graphical Debian Installer.

Isto vai iniciar o programa de configuração gráfico do Debian.

8. No ecrã seguinte, vamos escolher a língua e, posteriormente, a localização.

9. Agora, selecionem o layout (esquema) do vosso teclado.

10. Na parte de configuração de rede, o primeiro passo é definir o nome do computador.

É também possível definir um domínio. Se não o quiserem fazer deixem o espaço em branco e avancem na instalação.

11. Estando a rede configurada, é altura de tratar de utilizadores. Vamos começar por escolher uma palavra-passe para o root.

Para quem não sabe, o root é o utilizador máximo do Linux, que tem todo o poder. Este pode destruir o sistema se quiser. É um pouco parecido ao Administrador do Windows

12. Depois de definirmos a palavra-passe do root, vamos introduzir o nosso nome completo, de modo a criar a nossa conta de utilizador.

13. Depois, vamos definir o nosso username.

14. Por último, vamos definir a nossa palavra-passe.

15. Agora, é talvez a parte mais complicada da configuração, isto caso estejam a efetuar dual boot.

No meu caso, e como vou fazer dual boot, vou escolher Manual.

Caso desejem usar o disco todo, escolham Guiado – Utilizar o disco inteiro e basta seguir os passos.

16. Neste ecrã, vou escolher a partição ESPAÇO LIVRE (que não está definida) e clicar em Continuar.

17. Vamos ter que criar duas partições: uma primária para o Debian e uma lógica para o SWAP.

Vamos escolher Criar uma nova partição.

18. Vamos primeiro criar a partição para o Debian.

Aqui, vamos escolher o tamanho da mesma e o tipo. Vamos defini-la como Primária.

19. Depois, vamos escolher Sistema de ficheiros Ext4 com journal.

20. Em Flag de arranque escolham activa. Depois cliquem em Preparação da partição terminada.

21. Agora, vamos criar a partição para o SWAP.

O passos são semelhantes ao que foi apresentado anteriormente: vamos usar o espaço livre para criar uma partição, mas desta vez Lógica e escolhemos Área de Swap.

No final, vamos clicar em Preparação de partição terminada.

22. Vamos clicar em Terminar o particionamento e escrever as alterações no disco.

23. Para que as alterações sejam implementadas, vamos selecionar Sim.

24. A instalação irá começar.

25. Para terminar, vamos configurar o gestor de pacotes.

mirror_http_mirror_0

26. E configurar também o GRUB.

Vamos indicar o disco onde estará instalado o Debian:

27. Finalmente, a instalação está completa!

O computador irá reiniciar e, depois de introduzirem o vosso username e palavra-passe, o Debian estará pronto a usar! 😀

Fiquem bem! 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Create a website or blog at WordPress.com

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: